Galeria
360
Design
Design 2
Versatilidade
Modularidade
Funcionalidade
Mecanismo
Mecanismo 2
Mecanismo 3
Mecanismo 4
Cabeamento
Cabeamento 1
Cabeamento 2
Conectividade
Arquivamento
Acessórios
Dimensões
Cores
Cores 2
Orçamento

Design Thinking no ambiente corporativo

1 mês ago  •  0 Comments

O que é Design Thinking e como se relaciona com o mobiliário corporativo.

por

Publicado em : 01/05/2020

Compartilhe:

0

Você já ouviu falar em design thinking? Apesar de parecer um termo novo, se popularizou nos anos 90 a partir do design e foi introduzido na administração para caracterizar uma forma de pensar. O design thinking é um modelo interativo que visa a solução de problemas através de pontos de vista variados e do espírito colaborativo. Empatia, colaboração e experimentação são três pontos importantes que o modelo incorpora, além disso é uma abordagem bastante utilizada por grandes empresas, e exige transformação de cultura para que se possa obter sucesso.

O design thinking é procurado por diversos profissionais de diferentes áreas e faz uma combinação de mindset com plano de ação para resolver problemas sem definição, situações relacionadas às necessidades humanas e até mesmo problemas complexos. Traz como benefícios a transformação de produtos, serviços e processos através de boas estratégias; absorção de melhores experiências; uso da criatividade para solucionar problemas, sendo a fusão do pensamento corporativo com o pensamento criativo.

A premissa do design thinking é entender como pensam os designers, uma vez que o design não se limita a forma, mas também a função. Na prática, é organizado por um passo a passo simples que sempre precisará de uma equipe multidisciplinar que interaja entre si para enxergar os diversos ângulos do problema e, finalmente, encontrar uma solução inovadora:

Passo a Passo do Design Thinking

Linha Mobile

Definição

Delimitar o que se sabe e após isso expandir para o que ainda não se sabe sobre o problema, unindo o ponto de vista de cada membro da sua equipe para propor soluções inovadoras.

Empatia

Observar e interagir com o funcionamento das coisas que englobem o problema a fim de entender padrões de comportamento.

Visualização

Fazer brainstorming e filtrar ideias, e com o uso de post-its classificar cada ideia.

Protótipo

Criar protótipos rápidos a fim de aprender com os erros, e extrair respostas para o problema.

Teste

Obter feedbacks a partir do protótipo e observar como ele influencia a área que está sendo aplicado.

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOSSAS NOVIDADES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Linha Agille

A relação entre Design Thinking e o mobiliário corporativo

Já se perguntou por que grandes empresas investem em espaços de trabalho bem projetados e modernos? Interatividade é a palavra chave para responder esta questão! Porque interação e engajamento entre equipes faz parte da prática do design thinking, e o espaço de trabalho bem projetado e adequado à cultura organizacional de uma empresa é fundamental para instigar a criatividade. Isso revela como o investimento em mobiliário corporativo de qualidade faz toda a diferença nessa dinâmica.

Desta forma, os colaboradores não devem se adequar ao espaço de trabalho, mas sim o espaço de trabalho deve se adequar aos colaboradores, isso garante que equipes se envolvam com a visão da empresa e extraiam o melhor de si mesmos. Como consequência, o mobiliário corporativo promove a aplicação do design thinking.

Linha Open

O escritório tradicional tem se transformado em um verdadeiro laboratório. Promover a criatividade do colaborador através da interatividade exige que o espaço de trabalho seja flexível, por isso um bom estudo de layout diz muito a respeito de uma empresa, e traduz a sua marca.

Incorporar espaços como os “open spaces” é uma alternativa para quem busca o design thinking na prática. Aproximar os setores da sua empresa, menos paredes e mais fluidez de circulação, espaços colaborativos mais próximos do staff, ausência de divisórias que delimitam a empresa por hierarquias, reuniões informais, áreas de descompressão… Tudo isso agiliza a troca de informações e permite que os colaboradores conversem, interajam e compartilhem conhecimento com maior naturalidade, e atinjam objetivos de alcançar inovação através da metodologia que o design thinking se apropria.

Além dos “open spaces”, o mobiliário corporativo que se adeque as normas de ergonomia também é fundamental para compor o ambiente que aplica o design thinking. Mobiliários flexíveis, modulares e ergonômicos são peças chave para permitir a fluidez no escritório, além de trazer conforto e segurança ao colaborador. A distribuição desse mobiliário aliado as suas funções também compõe a abordagem do design thinking.

A Work Solution possui diversos produtos que podem agregar nessa experiência inovadora, phone booths, mesas de apoio, cabines para reuniões informais, mesas que se adaptam em layouts variados, e até mesmo mesas elevatórias são ótimas opções para você que busca inovação e quer propiciar um espaço de trabalho inspirador para os seus colaboradores. O que você está buscando? Conte para nós!

Artigos relacionados

null

Escritórios inovadores

null

5 layouts de escritórios super eficientes

null

Móveis coletivos

Quem leu esse conteúdo, leu também

null

Biofilia no ambiente corporativo

null

Neuroarquitetura dentro do ambiente corporativo

null

Ajuste o móvel de acordo com seu biotipo corporal

por

Publicado em : 01/05/2020

Compartilhe:

0