3D Warehouse
Galeria
360
Design
Design 2
Versatilidade
Modularidade
Funcionalidade
Mecanismo
Mecanismo 2
Mecanismo 3
Mecanismo 4
Cabeamento
Cabeamento 1
Cabeamento 2
Conectividade
Arquivamento
Acessórios
Dimensões
Cores
Cores 2
Orçamento

Mães que trabalham fora: 8 dicas para tornar o dia a dia mais confortável no escritório

7 anos ago  •  Comments

por

Publicado em : 06/05/2014

Compartilhe:

Após terem filhos, muitas mamães acabam sentindo um pouco de dificuldade na hora de voltar a trabalhar. Uma mistura de emoções que vão desde a necessidade de retomar a carreira até a vontade de proteger o bebê, toma conta da mulher. Claro que acabar com esse sentimento confuso de uma hora para a outra, não é algo simples, porém, algumas dicas para tornar o dia a dia mais confortável no escritório podem ajudar a tornar essa fase menos traumática.

Confira 8 dicas para tornar o dia a dia mais confortável no escritório:

1. Confie em quem for cuidar da criança

Isso é básico. Você só ficará tranquila para voltar para o escritório, se deixar a criança com alguém que você realmente confia. Pode ser um parente, uma babá ou até mesmo uma creche. Certifique-se de que tudo está bem. Tire as suas dúvidas sobre o local e deixe as recomendações necessárias para que ela fique bem. Isso deixará mais tranquila e facilitará o retorno.

2. E se o bebê sentir minha falta?

Para ajudar a aliviar a sua ausência, você pode deixar uma blusa sua pendurada no berço. Assim ele sentirá seu cheiro e irá se acalmar.

3. E se eu não aguentar de saudade?

Claro que no início a ausência da criança será um momento difícil. Você pode colocar fotos no celular ou em um porta-retrato sobre a sua mesa, para senti-lo mais próximo de você. Pode também gravar um vídeo no celular para os momentos em que a saudade apertar mais.

Mother-and-Child

4. Os móveis

Você já estará em um momento complicado pela separação da criança e estará com o seu corpo mudado, afinal você está amamentando. Solicite à empresa cadeiras, móveis adequados e ergonômicos, para evitar dores.

5. Creche interna

Empresas com mais de 30 mulheres trabalhando devem oferecer uma creche interna. Verifique se há algo assim em sua empresa e, caso não exista, junte-se com as demais mães e conversem com a administração. É uma maneira mais tranquila de administrar essa nova fase da vida.

6. Não pare de amamentar

Você pode tanto usar a bombinha e deixar leite para o bebê, quanto fazer uso dos dois intervalos especiais de 30 minutos cada, que são garantidos pela legislação para que a mãe possa amamentar seu filho até os seis meses de idade.

7. Fale a verdade para a criança

Depois de certa idade, eles começam a entender que a mãe precisa sair para trabalhar e ele ficará na casa da vovó ou em outro lugar. Só fale que irá buscá-lo se você realmente for. Caso seja outra pessoa que vá pegá-lo, não prometa que você estará presente. Isso pode gerar expectativas na criança que não serão cumpridas.

8. Deixe o final de semana para vocês

Se no fim de semana você não trabalha, reserve-o para o seu filho. Dispense a babá ou a pessoa que fica com ele enquanto você está fora e aproveite essas horas em casa para interagir e aproveitar o contato com o seu filho. Claro que você precisa descansar um pouco. Por isso, divida tanto as atividades da casa quanto as com o filho com o pai do bebê.

Essas dicas podem parecer básicas, mas farão muita diferença na sua volta ao trabalho. No começo pode parecer complicado, mas com o passar do tempo tanto você quanto a criança se adaptarão a essa nova fase e tudo ficará mais fácil.

por

Publicado em : 06/05/2014

Compartilhe: